Thursday, December 13, 2007

Hugo Ronca Cavalcanti


Coloco essa imagem hoje, para homenagear nosso Huguinho, juntando-a a tantas lindas homenagens que ele recebeu. Fã, número 1 de carteirinha das minhas ilustrações, grande incentivador que ele sempre foi, essa foi a imagem que ele mais gostou e que, preocupado não queria que eu vendesse o original. Ele e Gabriel, um dos seus grandes e muitos amigos, adoraram.
Por onde Hugo passou deixou marcas de Amor, Solidariedade e Amizade. Quem teve a Benção de conviver com ele sabe, sente.
Transcrevo palavras que recebi, dentre tantas, todas lindas.

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."
Fernando Pessoa

E agora, das lindas crianças (vocês ainda são crianças pra mim!)

"Seja no Céu
ou na Terra,
com chuva
ou com sol,
sua estrela sempre vai brilhar
e nosso amor por você
nem o infinito pode alcançar!"


Ass: Todos que o amam!!

Hugo, estar com você por estes anos foi uma Benção e isso você já sabia, né?
Com um Grande Amor de Mãe, Sandra

19 comments:

Caricaturas said...

Bela homenagem. Que Deus conforte o seu coração.

Mt. said...

Ele já brinca no céu. Um dia, todos estaremos juntos. Um grande abraço Sandra.

Patricia Marinho said...

Que bela homenagem, Sandra! Você foi feliz por ter a chance de conviver com o Hugo e ele foi feliz por ter uma mãe como você.

Anonymous said...

Olá Sandra,
Li sua carta no site do jornal O Globo.
Linda.
Que Deus te dê forças sempre.
Eu, uma mera desconhecida, estou aqui apenas lhe dizendo que rezei e continuo rezando pelo seu filho.
Diante de tantas qualidades que você citou dele, pode ter a certeza de que ele está lá no céu não só olhando por toda a sua família como também alegrando à todos aqueles que estão com ele.
Fique com Deus.

Sandra Ronca said...

Um sincero Obrigada a todos.
Um amigo me disse que se envergonhava de fazer parte da humanidade, mas a humanidade também somos nós. Tem muita gente de bom coração.
Diante de tantas boas manifestações, penso que ainda podemos e devemos acreditar num Mundo Melhor. Cada qual fazendo sua parte fica melhor do que simplesmente 'jogar a toalha'.

Sandra

tua irma que te ama said...

Ele estarà sempre junto de nòs e no nosso coraçao

Anonymous said...

Li sua carta no globo. Fiquei muito sensibilizada, pela experiência de sua dor, sensibilidade de suas palavras... A gente não supera a saudade, convive com ela.
Um grande abraço, daqueles que a gente sente o carinho do outro, e de alguma maneira se fortalece.
PAZ nos seus dias

Anonymous said...

Olá Sandra, desculpe-me mas prefiro não me identificar pois apenas venho lhe passar me aconteceu no domingo antes do Natal quando vi a reportagem do acontecido: Todo meu corpo se arrepiou e meus olhos, fora do meu controle, começaram a verter muitas lágrimas insistentemente (estranho pois eu não estava triste, apenas transtornado), de repente fui tomado por uma sensação de presença e uma mensagem me veio à cabeça tão forte que minha voz a repetiu mecanicamente, disse: "Fica calma..não fica tão triste, porque tudo vai ficar bem". Depois de uma forma diferente me senti intuído a te passar essa mensagem. Devido aos preparativos do Natal não o fiz até porque me sinto um pouco inseguro, mas a sensação está muito forte e agora que escrevo sinto como se estivesse fazendo-o por outra pessoa. Não sei se esse é o meio adequado p te dizer isto, mas não consegui achar e-mail particular. Eu sinceramente espero que Deus lhe abençoe e te alivie o pesar do coração, que fiquem as boas lembranças, o amor e a coragem de seguir em frente.

Noga Lubicz Sklar said...

Sandra, admiro a tua força. É um mundo insano esse em que somos, às vezes, forçados a viver. Tudo que a gente espera é que isso mude em breve... Pra vc, restará a lembrança doce do amor, a sua arte, a certeza de um sentido mais amplo: um grande consolo.
Com carinho
Noga

Elisa said...

Olá, Sandra,

Fiquei muito emocionada com sua visita ao meu Blog. Eu sou professora de Informática no Paulo Freire e seu filho foi um aluno tão especial e querido que só me resta mesmo agradecer: a você, a Deus, à vida... enfim, agradecer a toda e qualquer força que tenha nos proporcionado este tempo de convivência com o Hugo.

Parabéns pela mulher, pela mãe e pela artista que você é!

Um abraço,
Elisa Lemme

Sandra Ronca said...

Elisa, tinha em mente você (imagem), quando vi no Blog, mas não conseguia lembrar, professora de quê. Escutei várias vezes Hugo falar de você.
Sem dúvida o Hugo foi um presentão em nossas vidas...
Agradeço a você a postagem e às pessoas que escreveram anteriormente. Meu e-mail é contato@sandraronca.com.br
Um dia farei uma visita a vocês no Paulo Freire.
Beijão
Sandra Ronca

gleydston said...

Olá, Sandra!
Enfim, te achei.
Às vezes palavras atrapalham, então quero q saiba q estou orando por vc e pela família.
Grande abraço, paz e bem.
Gleydston - Prof. de Design e Prod. Gráfica - FACHA (lembra?)

Sandra Ronca said...

Claro que lembro!
Do "Paz e Bem" também. Agora sou eu divulgando essas palavras, né?
Que elas abracem nosso Mundo carente, desigual e ferido. Vamos acreditar nas pessoas de Bem. Elas existem! E são muitas!
Beijos grandes.
Sandra

Neiva e Cristina said...

Hugo foi muito abençoado por ter uma bela familia. Amo todos vocês e obrigada.Beijao no seu coração

Anonymous said...

Sandra,
Desculpe por termos levado tanto tempo para agradecer a lembrança que nos enviou... Ficará aqui no setor em algum lugar especial... Que Deus continue te fortalecendo hoje, agora e sempre.
Atenciosamente,
Equipe do CTI Pediátrico do HMMC

Roberto said...

Sandra

Ontem foi 8 de junho, dia triste, mas faz seis meses que os dias não devem ser muito diferentes pra você, não é. Sinto muito, Sandra, que seja assim. Não conheci seu filho, mas tenho comigo essa foto que a imprensa divulgou – que menino belo, que expressão clara, franca, positiva...
Meus filhos o conheceram. Na verdade, estavam junto a ele, no mesmo jogo de bola.

Um amigo, preso e torturado nos anos'60, disse que nunca somos os mesmos, depois de termos sido presos. "Mas como? Vc está aqui, vivo! – Pois é, mas não sou o que seria, caso eu fosse o mesmo." Não tenho sido o mesmo, também, depois do que aconteceu.
Episódios terríveis, mas não só eles, nos põe frente a frente com a dimensão absoluta da nossa vida, do nosso coração, e de tudo o mais que vai pelo cosmo. Tudo é muito grande, e será sempre bom nos darmos conta disso.
Não sou cristão, mas sou fã dos grandes cristãos, assim como de seu Mestre. Um deles, Pierre Teilhard de Chardin, deixou o seguinte recado:
"Não somos seres humanos que têm uma experiência espiritual. Somos seres espirituais que têm uma experiência humana".

Seres espirituais não se acabam.

Um beijo

Sandra Ronca said...

Não, não somos os mesmos. Nem os daqui de casa, nem os familiares, nem os amigos, amigos de amigos, crianças ali presentes, seus familiares, colegas, vizinhos, solidários, anônimos... Enfim, uma mudança (diríamos tantas), uma marca definitiva por um gesto (insano, impensado, inexplicável?)de um segundo, por questão de milímetros, centímetros.
Não há a alegria plena, há momentos de alegria. Há os de tristeza, saudade. Há a certeza de que devemos prosseguir, levantar, buscar fazer o melhor. Por todos nós. Fortalecer-se no Amor, na lembrança, no coração cheio, na Saudade e homenagem, na Paz, na Amizade, no Abraço. E que este seja enorme entre tantos seres que nunca mais serão os mesmos.
Temos tido contato com vários amigos do Hugo e a gente se abraça MUITO. Obrigada pelo carinho e pela solidariedade. Um beijo e um Abraço a você e seus filhos.

Roberto said...

Um forte abraço, Sandra, meu e de meus filhos, Nico e Vicente.

Sandra Ronca said...

Roberto, obrigada.
Um abraço de Paz a você, Nico e Vicente. E ao Mundo.
Paz e Amor! Não precisa de mais nada, até a Saúde é consequência...